Volte-se para Deus

“Quan­do ele ain­da esta­va muito longe.” Lc 15:20 (NKJV)

A Bíblia diz sobre o fil­ho pródi­go: “Quan­do ele esta­va muito longe, seu pai … teve com­paixão … cor­reu … caiu em seu pescoço e o bei­jou.” A ver­dade é que você não está além do alcance da graça de Deus, para que seu futuro pos­sa ser maior que seu pas­sa­do! Quan­do ele esta­va “muito longe”, seu pai cor­reu para ele. Por quê? Porque o rela­ciona­men­to dele com o fil­ho não se basea­va no desem­pen­ho, mas no fato de ele ter lhe dado vida e trazi­do para a família. Quan­do você pen­sa nas coisas que o pai dele lhe deu naque­le dia, percebe o sig­nifi­ca­do de cada item.

  1. A túni­ca. Isso con­fir­mou sua iden­ti­dade como fil­ho. Deus não vê você em sua fraque­za; Ele vê você vesti­do com a justiça de Cristo (ver 2 Co 5: 18–19 NVI).
  2. O anel. Era um anel de sinete com o selo da família que lhe dava autori­dade para faz­er negó­cios em nome do pai.
  3. As sandálias. Os empre­ga­dos domés­ti­cos não usavam sandálias, ape­nas os famil­iares. Ele voltou para casa pen­san­do que o mel­hor que podia esper­ar era um emprego nos aposen­tos dos empre­ga­dos. Mas seu pai não ape­nas restau­rou sua iden­ti­dade e autori­dade, mas tam­bém o restau­rou à ple­na fil­i­ação na família.
  4. A fes­ta. Naque­la época, quan­do você se rebela­va con­tra a autori­dade de seu pai e saía de casa, eles con­duzi­am “uma cer­imô­nia de ver­gonha”, o que sig­nifi­ca­va que você nun­ca pode­ria voltar. Não esse pai — ele deu uma fes­ta!

Qual é o pon­to? Porque Jesus lev­ou a nos­sa ver­gonha! “Porque Deus fez de Cristo, que nun­ca pecou, a ofer­ta pelo nos­so peca­do, para que pudésse­mos ser cor­rigi­dos com Deus por meio de Cristo” (2 Co 5:21 NLT). A palavra para você hoje é: volte-se para Deus!

Source: The Word for You Today – Super­Chan­nel, Orlan­do, FL, EUA, pub­li­ca­do em 12/09/2019, pp. 10.