O Jeito Certo de Morrer

“Não está aqui, mas ressuscitou …” Lucas 24:6

Jesus, o fundador do Cristianismo, foi o único homem capaz de marcar um compromisso para além da sepultura e aparecer para o evento. Ele disse aos seus discípulos, “Mas, depois de ressuscitar, irei adiante de vós para a Galiléia” (Mt 26:32 NVI). E Ele o fez. Se você visitar as sepulturas daqueles que fundaram as maiores religiões do mundo você vai descobrir que ainda estão ocupadas. Mas se você visitar a sepultura onde colocaram Jesus, você a encontrará vazia e as palavras do anjo ainda estão ecoando. “Ele não está aqui, mas ressurgiu!” Aquelas palavras tornam o enterro de cada cristão numa celebração. Jesus prometeu, “… porque eu vivo, vocês também viverão.” (Jo 14:19 NVI). Eventualmente você morrerá de algo; a pergunta é, como pode você morrer de forma correta? Há duas maneiras fazer isso:

Preparando-se antecipadamente.

Era um túmulo verdadeiramente humano aquele que continha a inscrição: “Eu esperava isto, mas não tão cedo.” Eis como você se prepara para a morte. “Se você confessar com a tua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos , será salvo” (Rom 10:9 NVI).

Cumprindo o seu chamado de vida.
Jesus disse, ‘Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer.’ (Jo 17:4 NVI). Na hora do acerto de contas final você estará diante de Deus e Ele lhe perguntará, ‘O que você fêz com os tesouros e os talentos que lhe dei? Como você desempenhou as suas tarefas na terra?’ Naquele momento nada será mais importante do que como você responde à essas perguntas.

Fonte: The World for You Today – SuperChannel, Orlando, FL, EUA. Tradução: RC Bruder