Buscando a Sua Vontade

“… seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.” Mateus 6:10

Deus quer que nos alinhemos ao propósito que Ele estabeleceu em Sua soberana vontade. Em nós está o poder de decidir se queremos ou não nos alinhar à esse propósito. Nossa decisão em nos submeter ao Senhorio de Cristo inclui o reconhecimento de nosso alinhamento aos Seus propósitos. Quanto mais cedo reconhecermos a Sua soberania e buscarmos a Sua perfeita vontade, mais prontamente estaremos preparados para cumprir o Seu plano para as nossas vidas. Isso implica no reconhecimento de que cada um de nós tem um propósito individual ou uma missão exclusiva no Reino de Deus. Deus não cria robôs, ou gera filhos em série, como numa linha de montagem de uma fábrica. Cada um de nós foi criado, moldado e preparado para uma missão específica. Lembro-me de uma entrevista dada por William Franklin “Billy” Graham Jr. à uma rede de televisão na qual ele confessou que ele não era o primeiro escolhido de Deus para desempenhar o ministério que decidiu assumir. Outra pessoa foi chamada para receber aquele manto e unção do Espírito para desempenhar aquela tarefa, em se tornar um pregador eloquente, vencendo muitas dificuldades pessoais, tornando-se no conselheiro de vários presidentes dos Estados Unidos da América e de outros países. Todavia, ao ser rejeitada tal missão, Deus chamou sua segunda opção que aceitou o desafio e dificuldades da árdua tarefa, que foi desempenhada com total submissão aos planos de Deus. A consequência é que milhões de pessoas aceitaram o Senhorio do Senhor Jesus através do trabalho glorioso de Seu servo Billy Graham. Parece estranho, mas se rejeitarmos o plano de Deus para as nossas Ele vai levantar um subtituto para implementar seu plano que a nós estava destinado. Apesar de Sua onisciência e pré-ciência Deus depende de nossa ação volitiva. O mesmo se aplica a aceitarmos a Sua soberania em nossas vidas. Dessa forma sejamos responsivos ao chamado de Deus.

Esse processo de moldagem a que somos submetidos desde que nascemos continua por toda a nossa existência. Cada um de nós, individualmente, está predestinado a refletir a imagem de Cristo como colaboradores da implantação do Seu Reino na terra. A nossa missão suprema é fazer com que tudo concorra para o desenvolvimento da Sua vontade aqui na terra, assim como ela é executada nos Céus. Porisso a oração ensinada por Jesus inclui a petição de que a Sua vontade seja sempre feita. Na oração sacerdotal Jesus declarou: “… seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.” Mateus 6:10. Isso implica em nossa submissão individual ao Seu plano eterno.

Precisamos estar predispostos a ouvir o que o Senhor tem a nos dizer. Essa predisposição é expressa ou posta em prática ao nos dedicarmos à oração e meditação na Palavra.

Extraído do livro intitulado A Vontade de Deus em Meio a Crise” Autor: Renato C Bruder © 2014 – Orlando, FL, EUA.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *