Estressado sobre Dinheiro?

“Quan­do estou com medo, eu con­fio em ti, ó Deus Todo-Poderoso” Salmo 56:3 NTLH 2000

“Porque Deus não nos deu o espíri­to de temor” 2 Timó­teo 1:7 ARC

A solução para a pre­ocu­pação finan­ceira não é nec­es­sari­a­mente ter mais din­heiro. Na ver­dade, quan­to mais din­heiro você tem, mais você tem a perder. E o pen­sa­men­to de perdê-lo pode faz­er com que você se pre­ocupe mais, e não menos. É um ciclo vicioso. Ten­tar encon­trar segu­rança no din­heiro é como amar­rar um bar­co numa doca; quan­do uma grande tem­pes­tade chega, as cor­das se arreben­tarão e o bar­co será lev­a­do. Então, quan­do indag­amos quan­do a próx­i­ma tem­pes­tade econômi­ca vai chegar, qual é a respos­ta? Mais cor­da? Cor­da mais forte? Nós mais aper­ta­dos? Não, isso só te dá nós no estô­ma­go! Vamos anal­is­ar algu­mas respostas bíbli­cas sobre a pre­ocu­pação com din­heiro; ataque seu medo de frente. O Salmista disse: “Sem­pre que ten­ho medo, con­fi­arei em Ti.” Ago­ra, como Davi era rei, ele provavel­mente não se pre­ocu­pa­va muito com din­heiro, cer­to? Mas ele se pre­ocupou com seus inimi­gos o perseguin­do, espre­i­tan­do, pegando‑o despre­venido e o matan­do. Cada um de nós tem difer­entes áreas de pre­ocu­pação, e aque­las que nos con­tro­lam são chamadas de “núcleos de medos”. As vezes, você pode man­tê-las à dis­tân­cia; out­ras vezes elas con­tro­lam e con­somem você e o fazem você agir de maneira que você não se orgul­ha. O con­sel­heiro finan­ceiro cristão Ron Blue diz que durante anos ele ficou pre­so pelo medo de não ter din­heiro sufi­ciente, ou perder o que tin­ha. As pes­soas ao seu redor não sabi­am, mas era o que o moti­va­va. Hoje ele é um autor best-sell­er e con­sel­heiro finan­ceiro para mul­ti­dões. Mas para chegar lá ele tin­ha que enfrentar seu medo cen­tral, e con­fi­ar mais em Deus do que ele o fazia em si mes­mo. E você tam­bém.

Para super­ar a ansiedade finan­ceira, você pre­cisa:

(1) Enten­der a origem da sua ansiedade. A menos que seu nome seja Bill Gates, as chances são de que você vai exper­i­men­tar algum grau de ansiedade finan­ceira. Mas quan­do o medo se tor­na seu esta­do fixo de mente, algo está erra­do; é hora de desem­brul­har o pacote. O medo pode ser hered­itário, pas­sa­do de ger­ação a ger­ação. E pode prendê-lo em um ciclo vicioso que é difí­cil de que­brar. Mas você pode que­brá-lo! Gideão destru­iu o altar onde sua família ado­ra­va ído­los por ger­ações — e eles ficaram zan­ga­dos com ele por isso (ver Juízes 6: 25–30). Mas, Gideão sabia que para ter suces­so na vida, ele não deve con­fi­ar em ninguém além de Deus.

(2) Lev­an­tar-se aci­ma de suas fal­has pas­sadas. Você fez inves­ti­men­tos ruins e ago­ra você tem medo de cor­rer riscos? Você está acu­mu­lan­do como uma pro­teção con­tra o fra­cas­so futuro? Aqui está o prob­le­ma; quem não arrisca não petis­ca! No beise­bol, os jogadores que fazem a maio­r­ia de home runs rebatem a bola mais fre­quente­mente do que mar­cam pon­tos. Mas eles sabem que a menos que eles assumam a base e rebatam a bola, eles não podem gan­har. Um celeiro cheio de sementes não pro­duz uma col­hei­ta. Além dis­so, quan­do o fazen­deiro plan­ta suas sementes, a seca, a gea­da e as pra­gas podem acabar com ele. No entan­to, se ele não plan­tar, o fra­cas­so é garan­ti­do. Você cap­tan­do a idéia?

(3) Ante­ci­par a bon­dade de Deus. À medi­da que você envel­hece, você se tor­na mais aves­sos ao risco, mais incli­na­do a procu­rar um por­to seguro. Isso é com­preen­sív­el, mas você não pode deixar o medo con­tro­lar sua vida. Davi escreveu: “Cer­ta­mente a bon­dade e a mis­er­icór­dia me seguirão todos os dias da min­ha vida” (Sl 23: 6). Quan­do você acred­i­ta na bon­dade de Deus — a bon­dade de Deus é o que você “cer­ta­mente” obterá!

Source: The Word for You Today – Super­Chan­nel, Orlan­do, FL, EUA