A Ressurreição Única de Jesus

“Eu mor­ri, mas veja — eu estou vivo para todo o sem­pre!” Ap. 1:18 NLT 

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressur­reição e a vida.” João 11:25

O fato de que Jesus ressus­ci­tou dos mor­tos não é o que o tor­na úni­co. A Bíblia reg­is­tra out­ras sete ressur­reições. Jesus foi a de número oito (o número bíbli­co para novos começos). De duas maneiras sur­preen­dentes a Sua ressur­reição foi difer­ente de qual­quer out­ra; ver­i­fique­mos: 

(1) A sua foi a úni­ca ressur­reição pred­i­ta de antemão. Davi pro­fe­ti­zou sobre Jesus: “Pois não deixarás a min­ha alma entre os mor­tos nem o teu san­to apo­drecerá no sepul­cro” (Salmos 16:10 NLT). E, Isaías pre­disse a vida para Ele além de Sua cru­ci­fi­cação. “Quan­do fiz­er da Sua alma uma ofer­ta pelo peca­do… Ele pro­lon­gará os Seus dias” (Isaías 53:10 NKJV). Jesus, na ver­dade, pre­vê sua ressur­reição da morte. “Jesus começou a explicar aos seus dis­cípu­los que ele dev­e­ria ir a Jerusalém… ser mor­to e no ter­ceiro dia ressus­ci­tar para a vida” (Mateus 16:21 NIV). 

(2) Somente Jesus ressus­ci­tou dos mor­tos a si mes­mo! Seus inimi­gos O con­sid­er­avam uma víti­ma inde­fe­sa de seus esforços deter­mi­na­dos para erradicá-lo assim como sua mis­são. Mas eles estavam erra­dos de todas as for­mas! Ele disse: “Ninguém pode tirar min­ha vida de mim. Eu a sac­ri­fi­co vol­un­tari­a­mente. Pois eu ten­ho a autori­dade de deitá-la quan­do quis­er e tam­bém de a retomar” (João 10:18 NLT). Todo o poder de Roma e o ódio de seus perseguidores judeus não podi­am elim­i­nar a Jesus ou anu­lar sua causa. Ele não pre­cisa­va de aju­da. Em Sua morte e em Sua ressur­reição, Ele esta­va sem­pre no con­t­role. “Destrua este tem­p­lo [meu cor­po] e em três dias eu o lev­antarei” (João 2:19 NLT). E ele o fez! Ele está vivo para todo o sem­pre!

Por que a ressur­reição de Cristo é úni­ca? 

(1) Ele é o úni­co que não mor­reu nova­mente. Nas Escrit­uras todos os out­ros que ressus­ci­taram dos mor­tos mor­reram nova­mente. Jesus foi a glo­riosa exceção. Con­se­quente­mente, “Ele foi feito sac­er­dote… pelo poder de uma vida que não tem fim” (Hebreus 7:16 GNT). Seu teste­munho per­manece: “Eu esta­va mor­to… estou vivo para sem­pre” (Apoc­alipse 1:18 NIV). 

(2) Ele subiu soz­in­ho ao céu para nos rep­re­sen­tar diante de Deus. Out­ros sac­er­dotes mor­reram e deixaram de servir. Mas Jesus foi “declar­a­do… sac­er­dote para sem­pre” (Hebreus 7:17 NIV). E Ele não está sen­ta­do esperan­do a segun­da vin­da; Ele está nos rep­re­sen­tan­do diante de Deus. “Ele entrou no próprio céu… para apare­cer por nós na pre­sença de Deus” (Hebreus 9:24 NIV). Isso sig­nifi­ca que nen­hu­ma acusação con­tra nós pode per­manecer. “Quem é aque­le que con­de­na? Cristo Jesus, que mor­reu… está à dire­i­ta de Deus… interce­den­do por nós” (Romanos 8:34 NIV).

(3) Ele tem o poder de lhe ressus­ci­tar quan­do você mor­rer. Jesus con­solou Seus dis­cípu­los com esta incrív­el promes­sa: “Em breve, o mun­do não me verá mais, mas você me verá. Porque eu vivo, e tu tam­bém viverás” (João 14:19). E essa promes­sa se apli­ca a você tam­bém! “Porque o próprio Sen­hor descerá do céu… os mor­tos em Cristo ressus­ci­tarão primeiro… nós que ain­da esta­mos vivos… ser­e­mos arrebata­dos jun­ta­mente com eles nas nuvens para encon­trar o Sen­hor nos ares. E assim estare­mos com o Sen­hor para sem­pre” (I Tes­sa­loni­cens­es 4:16–17 NIV). Que dia mar­avil­hoso será!

Fonte: The Word for You Today – Super­Chan­nel, Orlan­do, FL, EUA (pub­li­ca­do em 21/Abr/2019 pági­nas 30–31)