A Ressurreição Única de Jesus

“Eu morri, mas veja – eu estou vivo para todo o sempre!” Ap. 1:18 NLT 

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida.” João 11:25

O fato de que Jesus ressuscitou dos mortos não é o que o torna único. A Bíblia registra outras sete ressurreições. Jesus foi a de número oito (o número bíblico para novos começos). De duas maneiras surpreendentes a Sua ressurreição foi diferente de qualquer outra; verifiquemos: 

(1) A sua foi a única ressurreição predita de antemão. Davi profetizou sobre Jesus: “Pois não deixarás a minha alma entre os mortos nem o teu santo apodrecerá no sepulcro” (Salmos 16:10 NLT). E, Isaías predisse a vida para Ele além de Sua crucificação. “Quando fizer da Sua alma uma oferta pelo pecado… Ele prolongará os Seus dias” (Isaías 53:10 NKJV). Jesus, na verdade, prevê sua ressurreição da morte. “Jesus começou a explicar aos seus discípulos que ele deveria ir a Jerusalém… ser morto e no terceiro dia ressuscitar para a vida” (Mateus 16:21 NIV). 

(2) Somente Jesus ressuscitou dos mortos a si mesmo! Seus inimigos O consideravam uma vítima indefesa de seus esforços determinados para erradicá-lo assim como sua missão. Mas eles estavam errados de todas as formas! Ele disse: “Ninguém pode tirar minha vida de mim. Eu a sacrifico voluntariamente. Pois eu tenho a autoridade de deitá-la quando quiser e também de a retomar” (João 10:18 NLT). Todo o poder de Roma e o ódio de seus perseguidores judeus não podiam eliminar a Jesus ou anular sua causa. Ele não precisava de ajuda. Em Sua morte e em Sua ressurreição, Ele estava sempre no controle. “Destrua este templo [meu corpo] e em três dias eu o levantarei” (João 2:19 NLT). E ele o fez! Ele está vivo para todo o sempre!

Por que a ressurreição de Cristo é única? 

(1) Ele é o único que não morreu novamente. Nas Escrituras todos os outros que ressuscitaram dos mortos morreram novamente. Jesus foi a gloriosa exceção. Consequentemente, “Ele foi feito sacerdote… pelo poder de uma vida que não tem fim” (Hebreus 7:16 GNT). Seu testemunho permanece: “Eu estava morto… estou vivo para sempre” (Apocalipse 1:18 NIV). 

(2) Ele subiu sozinho ao céu para nos representar diante de Deus. Outros sacerdotes morreram e deixaram de servir. Mas Jesus foi “declarado… sacerdote para sempre” (Hebreus 7:17 NIV). E Ele não está sentado esperando a segunda vinda; Ele está nos representando diante de Deus. “Ele entrou no próprio céu… para aparecer por nós na presença de Deus” (Hebreus 9:24 NIV). Isso significa que nenhuma acusação contra nós pode permanecer. “Quem é aquele que condena? Cristo Jesus, que morreu… está à direita de Deus… intercedendo por nós” (Romanos 8:34 NIV).

(3) Ele tem o poder de ressuscitar de lhe quando você morrer. Jesus consolou Seus discípulos com esta incrível promessa: “Em breve, o mundo não me verá mais, mas você me verá. Porque eu vivo, tu também viverás” (João 14:19). E essa promessa se aplica a você também! “Porque o próprio Senhor descerá do céu… os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro… nós que ainda estamos vivos… seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens para encontrar o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre”(I Tessalonicenses 4:16-17 NIV). Que dia maravilhoso será!

Fonte: The Word for You Today – SuperChannel, Orlando, FL, EUA (publicado em 21/Abr/2019 páginas 30-31)